Cidade do Vaticano, 20 mar 2019 (Ecclesia) – O Papa encontrou-se hoje com os membros da “Caravana da Terra”, uma iniciativa nascida em 2015 para promover a paz e a abolição das armas nucleares.

Francisco foi presenteado com a ‘Chama da Paz’, com origem nas cinzas incandescentes da bomba atómica, acesa, ininterruptamente, como símbolo de reconciliação, desde 6 de agosto de 1945.

A iniciativa contou com a presença de meninas de cinco religiões diferentes, acompanhadas por Stsuku Thurlow, que sobreviveu à bomba atómica de Hiroxima, e Ryokyu Endo, sacerdote do templo Wada Ji Sangha no Japão, fundador da Caravana da Terra, peregrinação mundial inter-religiosa dedicada à paz, à reconciliação e à justiça.

OC

Partilhar:
Share