Conselho consultivo de cardeais esteve reunido com Francisco

Cidade do Vaticano, 20 fev 2019 (Ecclesia) – O Papa Francisco vai promover uma consulta mundial a Conferências Episcopais, representantes das Igrejas Orientes, de Institutos Religiosas e Universidades pontifícias sobre a nova Constituição para a Cúria Romana.

O anúncio foi feito hoje no Vaticano, após uma reunião de três dias entre o pontífice e o seu Conselho consultivo de cardeais.

A decisão, refere uma nota da sala de imprensa da Santa Sé, quer ser um sinal da “sinodalidade” que o Papa quer promover na Igreja Católica.

O conselho consultivo de cardeais criado pelo Papa em 2013 entregou em setembro de 2018 a sua proposta para uma nova Constituição Apostólica para a Cúria Romana.

O documento que regulamenta atualmente os organismos centrais de governo da Igreja Católica é a constituição ‘Pastor Bonus’, assinada por São João Paulo II a 28 de junho de 1988.

O esboço da nova constituição tem como título ‘Praedicate evangelium’ (Pregai o Evangelho) e vai ser submetida agora a uma consulta global.

Os seis cardeais que constituem atualmente o conselho e o Papa ouviram ainda o padre Federico Lombardi, moderador do encontro sobre a proteção de menores na Igreja, que se inicia esta quinta-feira.

A Santa Sé informa que foi “sublinhada fortemente a importância deste evento no caminho do compromisso que quer tornar a Igreja, cada vez mais, uma casa segura para as crianças e os adolescentes”.

A próxima reunião do Conselho de cardeais vai decorrer de 8 a10 de abril.

OC

Partilhar:
Share