Francisco sublinha importância de estar junto de quem sofre

Foto: Lusa/EPA

Cidade do Vaticano, 24 nov 2021 (Ecclesia) – O Papa pediu hoje maior atenção da sociedade para as vítimas da violência, ao receber membros da associação italiana que se dedica a esta missão, na Basílica de São Pedro.

“Queridos irmãos e irmãs, agradeço a vossa obra de ajuda e apoio àqueles que sofreram maus-tratos e vivem situações de angústia e adversidade. É feia a violência, é feia”, referiu.

“Com a vossa importante atividade, contribuis para a construção de uma sociedade mais justa e solidária. Que o vosso exemplo inspire em todos um compromisso renovado, para que as vítimas de violência sejam protegidas e o seu sofrimento seja considerado e ouvido”, acrescentou Francisco.

Vários grupos foram hoje recebidos na Basílica de São Pedro, antes da audiência geral, que não pode decorrer ao ar livre, durante o período do outono e inverno, devido ao frio.

O Papa deixou uma saudação à Família Vicentina da Itália.

“Nestes meses de pandemia, a vossa missão trouxe esperança, permitindo que muitos experimentassem a misericórdia de Deus”, observou.

Foto: Lusa/EPA

Francisco falou, em especial, “das pessoas sozinhas, os doentes nos hospitais, os que vivem nas prisões, nos centros de acolhimento e nas periferias existenciais”.

“Obrigado, porque testemunhastes o estilo da Igreja em saída que chega a todos, a começar pelos excluídos e marginalizados. Continuai neste caminho e abri-vos cada vez mais à ação do Espírito Santo, que infunde a força para anunciar com ousadia a novidade do Evangelho”, declarou.

OC

Partilhar:
Share