Francisco acompanha situação no país africano «com preocupação»

Foto: Lusa/EPA

Cidade do Vaticano, 25 out 2020 (Ecclesia) – O Papa apelou hoje ao fim dos confrontos na Nigéria, manifestando “preocupação” com a situação no país africano.

“Sigo com particular preocupação as notícias que chegam da Nigéria sobre os violentos confrontos que aconteceram recentemente entre as forças da ordem e alguns jovens manifestantes”, referiu, após a oração do ângelus, desde a janela do apartamento pontifício, no Vaticano.

“Rezemos ao Senhor para que se evite sempre qualquer forma de violência, na busca constante pela harmonia social, através da promoção da justiça e do bem comum”, acrescentou Francisco.

O presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, disse esta sexta-feira que teriam sido mortas 69 pessoas desde o início dos protestos contra a brutalidade policial, incluindo 11 polícias e sete soldados.

OC

O encontro de oração deste domingo, no Vaticano, foi dedicado ao ensinamento de Jesus, que coloca em relação “o amor a Deus e ao próximo”.

“Enquanto houve um irmão ou irmã a quem fechamos os nossos corações, ainda estaremos longe de ser discípulos como Jesus nos pede. Mas a sua misericórdia divina não nos deixa desanimar, na verdade ele nos chama para recomeçar todos os dias para viver o Evangelho de forma consistente”, indicou Francisco.

“Que a intercessão de Maria Santíssima abra o nosso coração para acolher os grandes mandamentos, o duplo mandamento do amor, que resume toda a lei de Deus e do qual depende a nossa salvação”, concluiu.

Partilhar:
Share