Catástrofe em Kerala provocou centenas de mortes e centenas de milhares de desalojados

Cidade do Vaticano, 19 ago 2018 (Ecclesia) – O Papa manifestou hoje no Vaticano a sua solidariedade às vítimas das cheias no estado indiano de Kerala, que provocaram mais de 350 mortes e centenas de milhares de desalojados.

“Que não falte a estes irmãos a nossa solidariedade e o apoio concreto da comunidade internacional”, pediu, desde a janela do apartamento pontifício, após a recitação da oração do ângelus.

Perante milhares de pessoas reunidas na Praça de São Pedro, Francisco recordou as populações “duramente atingidas” pelas chuvas dos últimos dias, que provocaram “elevadas perdas de vidas humanas, numerosos desaparecidos e desalojados”, além de elevados danos nas culturas e nas habitações.

O Papa manifestou ainda a sua proximidade à comunidade católica de Kerala, “na primeira linha” do apoio à população.

“Rezemos juntos por todos os que perderam a vida e pelas pessoas atingidas por esta grande calamidade”, concluiu, pedindo um momento de oração em silêncio aos peregrinos e visitantes reunidos no Vaticano.

Um novo balanço das autoridades indianas aponta para pelo menos 357 mortos na sequência das inundações e deslizamentos de terras que atingiram o sul da Índia.

Milhares foram mobilizados para resgatar aqueles que estão isolados pelas águas, no Estado de Kerala.

OC

Partilhar:
Share