Encontro decorre até 6 de agosto, na Bósnia-Herzegóvina

Cidade do Vaticano, 02 ago 2021 (Ecclesia) – O Papa enviou hoje uma mensagem aos jovens reunidos na Mladifest, um encontro anual internacional de oração que se realiza de 1 a 6 de agosto em Medjugorje, Bósnia-Herzegóvina.

“O que Jesus propõe não é tanto um homem despojado de tudo, quanto um homem livre e rico em relacionamentos”, destaca Francisco, a partir do tema escolhido, ‘O que farei de bom para ter a vida eterna’, palavras do jovem rico de que falam os Evangelhos (cf. Mt 19,16-22; Mc 10,17-22; Lc 18,18-23).

A mensagem deseja a todos os participantes que vivam uma “semana de oração e de encontro com Jesus Cristo, em particular na sua Palavra viva, na Eucaristia, na adoração e no sacramento da Reconciliação”.

O Papa aponta aos jovens um conjunto de “etapas da vida eterna”, a começar pelo “amor concreto pelo próximo” e a passagem “da lógica do ‘mérito’ para a do ‘dom’”.

“Jesus muda a perspetiva: convida a não pensar em assegurar a vida após a morte, mas a dar tudo na vida terrena, imitando assim o Senhor. É um chamamento à maturidade adicional, para passar dos preceitos observados para obter recompensas ao amor livre e total”, refere, num texto divulgado pelo portal ‘Vatican News’.

Francisco desafia os participantes a assumir o convite de “ser discípulos de Jesus”, sem medo de arriscar e sem apego aos bens materiais.

“Não tenham medo de acolher a Palavra de Cristo e de aceitar o seu chamamento. Não desanimem como o jovem rico do Evangelho; em vez disso, fixem o olhar em Maria, o grande modelo da imitação de Cristo, e confiem-se a Ela que, com seu ‘eis-me aqui’, respondeu sem reservas ao chamamento do Senhor”, aponta.

OC

Partilhar:
Share