Cidade do Vaticano, 29 abr 2019 (Ecclesia) – O Papa enviou uma ajuda de 500 mil dólares aos migrantes da América Central que se encontram bloqueados na fronteira entre o México e os Estados Unidos da América, anunciou o Vaticano.

Esta oferta, segundo comunicado do Óbolo de São Pedro – instituição que recolhe donativos para as iniciativas de solidariedade do Papa – vai ser distribuída por 27 projetos das 16 dioceses e Congregações religiosas mexicanas que pediram ajuda para oferecer alojamento, alimentação e artigos de primeira necessidade.

A nota oficial refere que, nos últimos meses, “milhares de migrantes chegaram ao México, percorrendo mais de 4 mil quilómetros a pé ou em veículos improvisados, provenientes das Honduras, El Salvador e Guatemala”.

“Homens e mulheres, com filhos pequenos, fogem da pobreza e da violência nos seus países, na esperança de uma vida melhor nos Estados Unidos. Mas a fronteira norte-americana continua fechada”, lamenta o Vaticano.

Milhares de migrantes são acolhidos pela Igreja Católica, abrigados em hotéis ou em sedes de dioceses e de congregações religiosas.

OC

Partilhar:
Share