Encontro decorre no Santuário de Nossa Senhora de Guadalupe, com participação presencial e online

Foto: CELAM

Cidade do Vaticano, 22 nov 2021 (Ecclesia) – O Papa enviou uma mensagem à I Assembleia Eclesial da América Latina e Caraíbas, a decorrer no México, desafiando os participantes a ouvir o “clamor” dos mais pobres.

“Numa Assembleia, o intercâmbio torna mais fácil ‘ouvir’ a voz de Deus, até escutar com Ele o clamor do povo e ouvir o povo até respirarmos neles a vontade a que Deus nos chama. Peço que se procurem ouvir uns aos outros e ouvir os clamores dos nossos irmãos e irmãs mais pobres e esquecidos”, refere Francisco, num texto divulgado este domingo, pelo Vaticano.

A assembleia tem como tema ‘Somos todos discípulos missionários em saída’, reunindo cerca de 100 pessoas no Santuário de Nossa Senhora de Guadalupe, de forma presencial, e outros 1000 participantes, em ligação online.

Francisco convida a impulsionar uma Igreja “em saída sinodal”, promovendo o processo de escuta, diálogo e discernimento nas comunidades católicas.

“Peço ao Senhor que esta Assembleia seja expressão do ‘transbordar’ do amor criativo do Espírito, que nos impulsiona a sair sem medo ao encontro dos outros e que anima a Igreja para que, por um processo de conversão pastoral, seja cada vez mais evangelizadora e missionária”, escreve.

D. Miguel Cabrejos, presidente do Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam), presidiu à Missa de abertura da assembleia, na solenidade de Cristo-Rei.

O arcebispo de Trujillo (Peru) destacou que a Assembleia Eclesial chega depois de “um longo caminho percorrido juntos, escutando todos, sentindo como é belo ser membro do Corpo Místico de Cristo, protagonistas e corresponsáveis pela evangelização como discípulos missionários”.

OC

Partilhar:
Share