Cidade do Vaticano, 17 out 2021 (Ecclesia) – O Papa recordou hoje no Vaticano os atentados que, na última semana, provocaram “muitos mortos e feridos” na  Noruega, Afeganistão e Inglaterra que lamentou o Papa.

“Manifesto a minha proximidade aos familiares das vítimas e peço, por favor, que se abandone o caminho da violência, que é sempre um caminho perdedor e representa uma derrota para todos. Lembremo-nos de que a violência gera sempre violência”, disse Francisco, após a recitação da oração do ângelus.

Um homem matou cinco pessoas com um arco e flechas na Noruega; o suspeito é um dinamarquês de 37 anos que se converteu ao islão e se radicalizou.

Esta sexta-feira, o parlamentar inglês David Amess morreu depois de ser esfaqueado numa igreja em Essex, condado do leste da Inglaterra, durante um evento com eleitores.

No Afeganistão, várias explosões sucessivas deixaram pelo menos 40 mortos e quase uma centena de feridos numa mesquita xiita em Kandahar, principal cidade do sul do país.

OC

Partilhar:
Share