Espaços estiveram fechados devido à pandemia de Covid-19

Cidade do Vaticano, 23 mai 2020 (Ecclesia) – Os Museus do Vaticano vão abrir as suas portas ao público a 1 de junho, depois de terem encerrado no mês de março, por causa da pandemia de Covid-19.

A Santa Sé informa que o espaço vai poder ser visitado novamente, “respeitando as regras de higiene e distância”; as Vilas Pontifícias de Castel Gandolfo, nos arredores de Roma, reabrem a 6 de junho.

Barbara Jatta, diretora dos Museus do Vaticano fala num “renovado espírito de partilha” para levar ao público um “património universal da história, da arte e da fé”.

Entre as novidades está o restauro da sala da Pinacoteca, dedicada a Rafael, como forma de assinalar os 500 anos da sua morte, e a oferta de um passeio em autocarro panorâmicos pelos Jardins do Vaticano.

Todos os visitantes serão submetidos ao controlo da temperatura corporal através de equipamentos termométricos e a entrada só será permitida com o uso da máscara; também será obrigatória a reserva online.

OC

Partilhar:
Share