A infraestrutura nasce com o apoio do Hospital Pediátrico “Menino Jesus”, de Roma

Cidade do Vaticano, 02 mar 2019 (Ecclesia) – O Papa Francisco saudou este sábado, através de uma videomensagem, o novo serviço de ambulatório pediátrico em Bangui, na República Centro-Africana e lembra que “quem cuida dos pequenos está do lado de Deus”.

“Com alegria saúdo a todos por ocasião da inauguração festiva do novo ambulatório de saúde dedicado às crianças da República Centro-Africana”, disse.

A infraestrutura nasce com o apoio do Hospital Pediátrico “Menino Jesus”, de Roma, mesmo na formação de médicos.

“Espero que possa se tornar um centro de excelência, onde as crianças possam encontrar respostas e alívio aos seus sofrimentos, com ternura e amor. Não me esqueço! Conservo em meu coração os olhos de dor das muitas crianças desnutridas que eu encontrei durante minha breve visita ao hospital, por ocasião da viagem ao seu país”, recordou o Papa.

Francisco apontou esta inauguração como um sinal “concreto de misericórdia”, uma vez que teve origem no Ano Santo que ali foi inaugurado, antecipadamente, a 29 de novembro de 2015, em Bangui.

Na videomensagem o Papa deixou ainda uma palavra de apreço para a equipa médica, para que sejam “artesãos de misericórdia”, e saudou o presidente da República Centro-Africana, Faustin-Archange Touadéra, o Núncio Apostólico, D. Santiago De Wit Guzmán e a presidente do Hospital Menino Jesus, Mariella Enoc, “que tanto se dedicou a esta obra”.

“Quem cuida dos pequenos está do lado de Deus. Não se esqueçam: quem cuida dos pequenos está do lado de Deus e vence a cultura do descarte! Que este novo hospital se torne um modelo e ponto de referência para todo o país. Lembrem-se: no doente há Cristo e no amor de alguém que se inclina sobre suas feridas, há o caminho para encontrá-lo”, conclui Francisco.

SN

 

Partilhar:
Share