Os dois responsáveis expressaram a necessidade de uma «maior solidariedade» entre todos os Estados-membros perante questões como a segurança e a coesão social

Foto Vatican Media

Cidade do Vaticano, 28 mar 2019 (Ecclesia) – O Papa recebeu hoje a presidente da Lituânia, numa audiência marcada pelos desafios da região do Báltico e na Europa.

De acordo com o portal Vatican News, o diálogo entre Francisco e Dalia Grybauskaitė ficou marcado pela abordagem aos desafios atuais da Europa, por exemplo ao nível da segurança e da coesão social.

Situações que, concordaram aqueles dois responsáveis, carecem “de uma maior solidariedade” por parte de todos os Estados-membros.

O Papa argentino e a chefe de Estado da Lituânia debruçaram-se também sobre a situação dos países do Báltico, na periferia da Europa, e em particular sobre o contexto político e económico da Lituânia.

Na audiência foram realçadas as “boas relações” entre aquele país e a Santa Sé, e “o contributo positivo da Igreja Católica para a sociedade lituana”.

A visita de Dalia Grybauskaitė ao Vaticano aconteceu seis meses depois da viagem apostólica do Papa argentino à Lituânia, por ocasião do centenário da independência daquele país.

Na altura, Francisco visitou também outros dois países bálticos, a Estónia e a Letónia.

Durante a audiência desta quinta-feira, que durou cerca de 30 minutos, a presidente da Lituânia ofereceu ao Papa três presentes: um livro sobre a história da resistência lituana contra a opressão da União Soviética em 1944; uma estátua de um anjo, em vidro branco e azul;       e um frasco de mel, em referência a uma tradição lituana relacionada com a Páscoa.

O Papa, por sua vez, ofereceu à chefe de Estado da Lituânia um mosaico com uma representação do Vaticano, uma cópia da sua mensagem deste ano para o Dia Mundial da Paz e alguns dos principais documentos que marcaram até agora o seu pontificado.

Como a exortação apostólica ‘Alegrai-vos e Exultai’, dedicada ao tema da santidade, e a declaração sobre a ‘Fraternidade Humana’, que assinou em fevereiro deste ano em Abu Dhabi, durante a sua visita aos Emirados Árabes Unidos.

JCP

Partilhar:
Share