Cardeal Angelo Becciu é um dos nomes do processo

Cidade do Vaticano, 03 jul 2021 (Ecclesia) – O Vaticano divulgou, este sábado, que vai começar a ser julgado, no dia 27 de julho, o caso relacionado com investimentos financeiros.

“O presidente do Tribunal do Vaticano ordenou a citação para o julgamento dos acusados no âmbito da matéria relacionada com os investimentos financeiros da Secretaria de Estado em Londres. O julgamento terá início a 27 de julho”, divulgou a Santa Sé. 

O cardeal Angelo Becciu, prefeito da Congregação da Causa dos Santos que resignou ao cargo em setembro, é um dos nomes do processo a que o Vaticano adianta que vai responder “pelos delitos de peculato e abuso de poder também em regime de concorrência, bem como por suborno”. 

“As investigações, também realizadas em vários outros países estrangeiros (Emirados Árabes Unidos, Grã-Bretanha, Jersey, Luxemburgo, Eslovênia, Suíça), revelaram uma vasta rede de relacionamentos com operadores do mercado financeiro que gerou perdas consideráveis ​​para as finanças do Vaticano”, revelam. 

A iniciativa judicial está diretamente ligada às indicações e reformas do Papa Francisco, no trabalho de transparência e saneamento das finanças do Vaticano.

SN

Partilhar:
Share