Papa emérito foi ordenado sacerdote no mesmo dia de Mons. Georg Ratzinger e sempre mantiveram relação de proximidade

Cidade do Vaticano, 18 jun 2020 (Ecclesia) – O Vaticano anunciou hoje que Bento XVI se deslocou à Alemanha, para acompanhar o seu irmão Georg Ratzinger, de 96 anos, que está doente.

Esta é a primeira vez que Bento XVI deixa a Itália desde a sua renúncia ao pontificado (28 de fevereiro).

O Vaticano informa que o Papa emérito vai permanecer na cidade alemã da Ratisbona “o tempo necessário”, acompanhado pelo seu secretário pessoal, D. Georg Gaenswein, um médico, uma enfermeira, uma das suas habituais colaboradoras e o vice-comandante do Corpo da Gendarmaria do Estado da Cidade do Vaticano.

Com diferença de idade de três anos, os dois irmãos foram ordenados sacerdotes no mesmo dia, 29 de junho de 1951, na Alemanha.

Em 2008, quando a cidade de Castel Gandolfo, nos arredores de Roma, quis oferecer a cidadania honorária ao seu irmão, Bento XVI disse: “Desde que nasci, o meu irmão é não só um companheiro para mim mas também um guia de confiança, tem sido sempre um ponto de orientação e referência com a clareza e a determinação das suas decisões”.

OC

Notícia atualizada às 21h35

Partilhar:
Share