Iniciativa solidária teve investimento de 15 milhões de euros

Cidade do Vaticano, 28 jul 2020 (Ecclesia) – O projeto “Papa da Ucrânia”, lançado pela Igreja Católica local em 2016, ajudou um milhão de pessoas nos últimos quatro anos, com 15 milhões de euros investidos.

D. Eduard Kava, bispo auxiliar de Lviv, refere ao portal ‘Vatican News’ que o auxílio oferecido à população incluiu aquecimento, medicamentos, roupas e alimentos, artigos de higiene e apoio psicossocial

“Todos os projetos estão concluídos, apenas continua a oferta de máquinas a um hospital pediátrico”, indicou.

Os trabalhos foram acompanhados pelo Dicastério para o Serviço Integral de Desenvolvimento Humano (Santa Sé), unindo organismos de caridade da Igreja Católica e de outras confissões cristãs e organizações internacionais.

“Um bom sinal de ecumenismo”, observa D. Eduard Kava, destacando o serviço aos pobres, crianças com dificuldades por causa do stress da guerra, famílias numerosas, idosos que perderam tudo e que vivem com pensões muito baixas.

OC

Vaticano: Papa saúda cessar-fogo no Leste da Ucrânia

Partilhar:
Share