Lisboa, 27 jan 2022 (Ecclesia) – O Centro de Estudos de História Religiosa (CEHR) da Universidade Católica Portuguesa, em Lisboa, apresenta hoje o projeto «25 de Abril, permanências, ruturas e recomposições», entre as 15h00 e as 17h30, numa sessão em modelo presencial e online.

A sessão de apresentação tem como tema «Cidadania, democracia e reformismo», realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

O projeto visa estudar a problemática do «25 de Abril, permanências, ruturas e recomposições» procurando fazer um balanço historiográfico 50 anos depois: o que se conhece e o que não se sabe.

Em concreto, pretende-se “estudar o processo societário e mental, ocorrido entre 1968 e 1976 e marcado por mutações internas e externas, correntemente denominado como sendo o «da primavera marcelista à democratização»”.

Este decurso, “pautado por alterações demográficas, políticas e culturais, modelou a sociedade portuguesa no que respeita ao desenvolvimento económico, à passagem do colonialismo pela assunção da descolonização configurador da identidade e das representações (imaginários), à valorização de uma maior participação cidadã”, refere a nota

A coordenação está a cargo de António Matos Ferreira (investigador responsável), Nuno Estêvão Ferreira, Rita Mendonça Leite, Luís Leal, Tiago Pires Marques e Pedro Lourenço Feliciano

LFS

Partilhar:
Share