Solange Pereira, presidente da Juventude Operária Católica, fala da realidade dos jovens que enfrentam situações de incerteza por causa da pandemia do Covid-19: despedimentos, imposição de carga horária, desgaste dos jovens que trabalham na área da saúde. A responsável lamenta ainda a falta de material para a proteção dos trabalhadores, máscaras, batas e luvas.
Apesar destas situações, a responsável afirma a esperança de que o mundo laboral possa aprender com esta realidade, valorizar os trabalhadores e dar aos jovens a perspetiva de futuro com que sonham.

Partilhar:
Share