Projeto nasceu em 1987 e foi agora concluído numa celebração presidida pelo bispo de Santarém

Tomar, 15 mai 2019 (Ecclesia) – O bispo de Santarém presidiu no dia 12 de maio à dedicação da Igreja da Sagrada Família, na comunidade de Roda Pequena, frequesia de Asseiceira, em Tomar.

De acordo com um comunidado enviado à Agência ECCLESIA, a ideia de construir uma igreja nasceu em 1987 quando “um grupo de jovens deu início a um sonho da população” e realizou, nesse ano, a primeira “Festa da Juventude para angariação de fundos”.

O desenvolvimento do projeto, oferecido pelo arquiteto Diogo Rosa, num terreno doado à Associação de Melhoramentos Recreio e Cultura da Roda Pequena, iniciou no dia 14 de outubro do ano 2000, quando D. Manuel Pelino, na altura bispo de Santarém, presidiu ao lançamento da primeira pedra.

“Iniciaram-se então as obras da casa mortuária, com dinheiro angariado nas festas da Juventude que nunca foram interrompidas até hoje; já lá vão trinta e dois anos a contar com ajuda e boa vontade de muitos familiares, amigos e beneméritos desta freguesia e também da freguesia vizinha, Praia do Ribatejo”, acrescenta o comunicado enviado à Agência ECCLESIA.

As candidaturas a apoios estatais e a generosidade das populações locais permitiram concluir a obra, inaugurada pelo atual bispo de Santarém, D. José Traquina.

A Igreja é dedicada à Sagrada Família por causa da tradição antiga e que “ainda hoje se mantém”, da visita da Sagrada Família aos habitantes da aldeia, circulando “de casa em casa todos os dias do mês”.

“Que o modelo ideal de toda a família cristã, nos ajude a acolher a Palavra de Deus, neste espaço que é de todos, e aqui encontremos alimento espiritual para darmos testemunho cristão em tudo o que fazemos e sejamos assim, sinais eficazes da presença de Deus no mundo”, conclui o comunicado enviado pela comunidade de Roda Pequena.

PR

Dedicação da Igreja da Sagrada Família, Roda Pequena, paróquia da Asseiceira, Concelho de Tomar.

 

Partilhar:
Share