Cardeal Ranjith fala em receio generalizado na minoria cristã

Lisboa, 04 mai 2019 (Ecclesia) – A Igreja Católica no Sri Lanka decidiu manter a suspensão das celebrações dominicais, após os atentados no domingo de Páscoa que provocaram mais de 250 mortes, em várias igrejas e hotéis.

O cardeal Albert Malcolm Ranjith, arcebispo de Colombo, disse ao portal de notícias do Vaticano que as pessoas “temem” que os ataques terroristas se repitam e que as celebrações públicas não se irão realizar, por razões de segurança, após o seu regresso ter estado inicialmente previsto para 5 de maio.

“Tivemos que tomar a decisão de não celebrar Missas ainda neste domingo, na esperança de poder fazê-lo no domingo seguinte, quando começar o Ramadão”, explica o cardeal de Colombo.

Após os últimos relatórios de segurança, o governo local alertou a Igreja Católica sobre novos possíveis ataques, confirmando que alguns suspeitos de ligação aos massacres de 21 de abril ainda estão em liberdade.

OC

Partilhar:
Share