Religiosas falam em reforço da resposta, «em tempos de grande exigência e dificuldade»

Lisboa, 24 nov 2020 (Ecclesia) – Quatro centros das Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus viram projetos distinguidos pelo Prémio ‘BPI/Fundação La Caixa Capacitar e Seniores’, que visam apoiar pessoas em situação de vulnerabilidade.

“A aprovação dos projetos, apresentados por quatro centros assistenciais dirigidos pelo Instituto das Irmãs Hospitaleiras aos Prémios BPI/Fundação La Caixa Capacitar e Seniores, é um importante contributo para o desenvolvimento e alargamento da resposta de Missão, em tempos de grande exigência e dificuldade”, indica um comunicado enviado à Agência ECCLESIA pelo instituto religioso.

O montante destina-se à Casa de Saúde Bento Menni, Casa de Saúde do Bom Jesus, Casa de Saúde Câmara Pestana e Centro de Reabilitação Psicopedagógica da Sagrada Família.

A Casa de Saúde Bento Menni foi fundada em 1994, na Cidade da Guarda; o seu Programa de Intervenção Precoce nas Alterações da Memória (PIPAM) foi premiado na 11.ª edição do prémio Capacitar.

Este projeto, que pretende estimular as capacidades cognitivas e a atividade física de pessoas com mais de 55 anos, será desenvolvido em parceria com o programa “Guarda + 65” do Município da Guarda, e tem como objetivo a promoção do envelhecimento ativo, evitando a evolução da sintomatologia do défice cognitivo ligeiro.

O valor atribuído “será fundamental para dotar o programa dos recursos humanos e equipamentos informáticos necessários ao seu desenvolvimento”.

O Centro de Reabilitação Psicopedagógica da Sagrada Família foi fundado em 1950, na ilha da Madeira, e é um estabelecimento de saúde orientado para a prestação de cuidados diferenciados e humanizados em Saúde Mental da infância e adolescência, pedopsiquiatria, multideficiência e reabilitação psicopedagógica, segundo uma visão integral da pessoa.

O Projeto Inovar para Capacitar surge para garantir a igualdade de oportunidades no acesso à educação e reabilitação, através da promoção da autonomia, empowerment e inclusão social e digital de 106 crianças, e jovens adultos, assistidos no CRPSF, que têm doença mental, deficiência intelectual e multideficiência.

O valor do prémio vai “permitir contratar uma ajudante de ocupação para realizar sessões de treino de Atividades de Vida Diária com 81 jovens-adultos; adquirir equipamentos digitais (quadro interativo e tablets) para os serviços de educação e reabilitação; adquirir um produto de apoio para acesso de cadeiras de rodas à piscina; e realizar obras para eliminação de barreiras arquitetónicas no acesso à escola e ao ginásio”.

A Casa de Saúde Câmara Pestana presta assistência em Saúde Mental e Psiquiatria, psicogeriatria, deficiência intelectual e reabilitação psicossocial, integrando as vertentes preventiva, de tratamento e reabilitação, numa perspetiva integral da pessoa.

O projeto Ginásio do Corpo e da Mente tem como grande objetivo estimular as capacidades cognitivas e as funções motoras de pessoas com deficiência física e mental, visando diminuir o impacto da deterioração cognitiva e a incapacidade funcional consequência da evolução dos processos patológicos.

A multideficiência conjuga limitações no domínio cognitivo e nas funções e estrutura corporal; a intervenção foi projetada para 22 utentes, em simultâneo, num período máximo de 3 meses.

O número de participantes poderá ir até um máximo de 88 por ano, preconizando uma resposta integrada; o prémio contemplará a aquisição de equipamentos de estimulação cognitiva e reabilitação.

Casa de Saúde do Bom Jesus  (CBJS) foi fundada em 30 de setembro de 1932; tem como missão a prestação de cuidados diferenciados e humanizados em saúde, sobretudo em saúde mental e psiquiatria.

A CSBJ, com um projeto financiado pelo Prémio BPI “La Caixa” Seniores, vai implementar um novo serviço de apoio domiciliário especializado em ‘Demências – Projeto Sempre em Mente’.

Destacando a relevância social do projeto apresentado, assim como, a sua adaptação ao contexto atual e o seu carácter inovador nesta área, a 8ª edição do Prémio Seniores do BPI e a Fundação “la Caixa”, atribuiu este prémio à Casa de Saúde do Bom Jesus, que permitirá promover a melhoria da qualidade de vida das pessoas com demência e seus cuidadores.

Os destinatários deste serviço são pessoas com idade superior a 65 anos, que residam no concelho de Braga e tenham um diagnóstico de Demência e os seus cuidadores informais.

Este projeto  conta com um apoio de 40 mil euros, e a duração de um ano.

Entre as 28 iniciativas distinguidas estão projetos dos seguintes distritos: Braga, Castelo Branco, Faro, Guarda, Leiria, Lisboa, Porto, Santarém, Setúbal, Viana do Castelo, Viseu e da Região Autónoma da Madeira.

O Prémio Capacitar, resulta de uma iniciativa conjunta do BPI e da Fundação ‘la Caixa’ e procura dar resposta ao trabalho de muitos profissionais e voluntários em entidades do terceiro sector, através do apoio a projetos destinados a promover a melhoria da qualidade de vida, a ocupação e a autonomia de pessoas com deficiência ou incapacidade permanente em situação de vulnerabilidade social.

LFS/OC

Notícia corrigida, 25.11.2020

Partilhar:
Share