«Intenção é que todos sejam auscultados», refere padre Manuel Barbosa

Fátima, 14 set 2021 (Ecclesia) – O Conselho Permanente da Conferência Episcopal (CEP) debateu hoje em Fátima o processo da próxima assembleia sinodal, que o Papa convocou para outubro de 2023, apelando ao envolvimento das comunidades católicas.

“A intenção é que todos sejam auscultados”, disse aos jornalistas o padre Manuel Barbosa, após a reunião mensal do conselho.

O processo sinodal vai decorrer de outubro de 2021 a outubro de 2023, sobre o tema “Para uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão”, tendo sido publicadas, Secretaria Geral do Sínodo, um conjunto de orientações, no documento preparatório e no vade-mécum, cuja tradução portuguesa vai ser publicada nos próximos dias.

O arranque da próxima assembleia sinodal acontece no Vaticano, sob a presidência do Papa Francisco, nos dias 9 e 10 de outubro deste ano, e em cada diocese católica, sob a presidência do respetivo bispo, a 17 de outubro.

A Santa Sé publicou o documento preparatório e propõe um vade-mécum metodológico para o Sínodo dos Bispos, que pode ser definido, em termos gerais, como uma assembleia de representantes dos episcopados católicos de todo o mundo, a que se juntam peritos e outros convidados, com a tarefa ajudar o Papa no governo da Igreja.

De acordo com as indicações da Santa Sé, cada bispo diocesano deve nomear uma pessoa de contacto e uma Equipa Sinodal para coordenar e dinamizar o processo, após o qual será elaborada uma síntese de 10 páginas a enviar ao Secretariado-Geral da CEP até finais de março.

Também até finais de março, cada diocese fará uma reunião pré-sinodal, centrada na celebração da Eucaristia, apresentando nessa altura a síntese preparada; a partir das sínteses diocesanas, um grupo nomeado pela CEP fará a síntese final, também de dez páginas, a ser enviada em abril à Secretaria-Geral do Sínodo (Santa Sé).

A CEP promove uma reunião pré-sinodal, de 25 a 28 de abril de 2022, coincidindo com a sua Assembleia Plenária de primavera.

O padre Manuel Barbosa anunciou ainda que, no âmbito da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Lisboa 2023, o Conselho aprovou uma proposta de estudo “Jovens, fé e futuro”, que será realizado pelo Centro de Estudos em Povos e Culturas de Expressão Portuguesa da Universidade Católica Portuguesa.

O Conselho Permanente da CEP expressou a sua “oração e homenagem” a duas figuras recentemente falecidas: Acácio Catarino, “sempre atento às questões sociais, nomeadamente como presidente da Cáritas Portuguesa”, e Jorge Sampaio, evocando “o serviço à democracia e à sociedade, como presidente da República e em vários cargos a nível internacional”.

CB/OC

O secretário da CEP deixou uma mensagem dos bispos católicos, a respeito das próximas eleições autárquicas, marcadas para 26 de setembro.

“Apelamos a que haja uma participação livre, consciente e responsável neste processo democrático, com o voto, que é direito e dever de cada cidadão”, disse o padre Manuel Barbosa.

 

Partilhar:
Share