Afonso Pereira, José Cachaço e José Raposo foram ordenados este domingo

Foto: Afonso Pereira, José Manuel Cachaço e José Manuel Raposo

Setúbal, 20 jun 2022 (Ecclesia) – A diocese de Setúbal tem três novos padres, Afonso Pereira, José Cachaço e José Raposo, a quem foi pedido que sejam “discípulos” para poderem ser “apóstolos e pastores da Igreja”.

A celebração aconteceu este domingo, 19 de junho, e foi presidida por D. José Ornelas, Bispo de Leiria-Fátima, na Catedral.

“Só como discípulos podereis ser apóstolos e pastores da Igreja”, afirmou o prelado na sua homilia.

O padre José Lobato, administrador diocesano, explicou no início da cerimónia que tinha sido feito o convite a D. José Ornelas, anterior bispo de Setúbal para presidir à ordenação, “uma vez que acompanhou o crescimento e preparação dos três jovens”.

O administrador diocesano lamentou a diocese de Setúbal estar em sede vacante mas deixou palavras de ânimo.

“Uma igreja vacante, sede vacante, não é uma diocese que esteja em pausa, parada cristalizada, à espera que venha alguém que a ponha a movimentar, nós vivemos do ministério episcopal que Cristo deixou e precisamos de um pastor, sucessor do apóstolos, mas vivemos em Igreja de igrejas, de comunidades, uma Igreja viva, dinâmica e missionária”, afirmou.

D. José Ornelas pediu ainda aos novos sacerdotes que “assumam o convite de seguir Jesus”.

“Ser discípulos e apóstolos de Jesus, crucificado, morto e ressuscitado significa assumir o convite a segui-Lo, no dom si próprio aos irmãos, a libertar do protagonismo autorreferencial e é necessário que Cristo transpareça nos gestos de acolhimento, no gestos aos que mais sofrem e são excluídos”, indicou.

Afonso Pereira vai celebrar a sua missa nova nos dias 20 de junho, pelas 18h, no Santuário de Nossa Senhora da Conceição em Vila Viçosa (Diocese de Évora) e no dia 26 de junho, pelas 17h, na Igreja de Santo António, Pinhal de Frades.

Já José Manuel Cachaço celebra missa nova nos dias 20  e 26 de junho, na Igreja Paroquial de Cacilhas, pelas 10h e 11h, respetivamente.

José Manuel Raposo celebra nos dias 25 de junho, peals 19h, na Igreja da Corredoura no Castelo de Sesimbra e no dia 3 de julho, pelas 18h, na Igreja Matriz de Beringel (Diocese de Beja).

SN

Partilhar:
Share