Bispo presidiu a celebração no Dia Diocesano da Juventude

 

Foto: Lusa

Vale de Milhaços, 05 jul 2020 (Ecclesia) – O bispo de Setúbal alertou hoje na Paróquia de Vale de Milhaços, onde presidiu à Missa, para as dificuldades provocadas pelo desconfinamento e os problemas sociais que surgiram durante a pandemia de Covid-19.

“Muitos queriam voltar ao que era dantes: o resultado está à vista, com o regresso preocupante das infeções e mais dificuldades”, referiu D. José Ornelas, na homilia da celebração, com transmissão online.

A Eucaristia assinalou o Dia Diocesano da Juventude, que se deveria ter celebrado numa grande jornada conjunta; como alternativo, o departamento responsável pelo setor propôs um domingo “marcado pelo encontro e comunhão dos jovens com as suas comunidades”, nas celebrações eucarísticas.

O bispo de Setúbal sublinhou que a pandemia veio alterar projetos e perspetivas.

“O mundo após a pandemia não pode ser simplesmente voltar ao que era, voltar ao passado. Não pode ser, nós temos de aprender com aquilo que fizemos”, apontou o responsável católico.

D. José Ornelas apelou a um espírito de responsabilidade comum, procurando “uma nova sociedade e uma nova sociedade”.

O vírus vai ser vencido, mas não deixemos que as outras pandemias, que nos habitam a cabeça e o coração, tantas vezes, que habitam em certos comportamentos sociais, voltem a instalar-se na nossa sociedade”.

O bispo sadino destacou o património de “solidariedade, de criatividade e de participação” que surgiu nos últimos meses.

“O mundo que se segue a esta crise pode ser mais humano, se aprendermos a cuidar melhor uns dos outros e da natureza, se velarmos para que todos tenham o necessário, para quem ninguém seja deixado para trás”, apontou.

O presidente da Conferência Episcopal Portuguesa falou do “sentido de responsabilidade coletiva” que se gerou na “fase inicial” do confinamento, pedindo que todos sejam capazes de manter essa responsabilidade e alimentar as “novas correntes de solidariedade para responder às necessidades crescentes”.

A homilia deixou vários elogioso aos jovens, que durante o confinamento estiveram “na linha da frente” para encontrar formas de oração, de presença e de estímulo para todos.

Esse dinamismo, acrescentou D. José Ornelas, foi também visível acolhimento e no serviço às comunidades, após o regresso das celebrações comunitárias.

O Departamento da Juventude desafia os jovens a tirar uma fotografia, no final da Missa, e a partilhá-la nas suas redes sociais com as hashtags: #ddjsetubal2020 e #encontramonosnamissa.

Ainda hoje foi lançado o podcast ‘Verão com Sentido’, uma proposta que “pretende conduzir a um conhecimento mais profundo de si próprio, de Deus e, assim, lançar ao encontro dos outros e do mundo, onde os jovens são chamados a ser missão”.

OC

Dia Diocesano da Juventude

Um ano passou rápido demais …#ddjsetubal2020 #juventudesetubal #levantateepartilhate #getreadyjmj

Publicado por Juventude – Diocese de Setúbal em Sábado, 4 de julho de 2020

 

Partilhar:
Share