Foto: AIS

O Frei Filipe Rodrigues, dominicano da Ordem dos Pregadores, convida a aproximarmo-nos da realidade dos cristãos perseguidos, que há muitos anos não se conseguem juntar para celebrar a Páscoa. Esta poderá ser uma quadra “solidária” não apenas com os mais frágeis, mas com outros irmãos na fé.

 

Partilhar:
Share