O dia do morte de Jesus é o dia do silêncio mas esta ausência de som, de certa forma grita. A liturgia quer atualizar o mistério de há dois mil anos para encontrar formas de solidariedade, compaixão nos que com hoje vivem a vida. O Frei Filipe Rodrigues, dominicano da Ordem dos Pregadores, guiou-nos pela Semana Santa para fazer o caminho para a Ressurreição, este ano tão diferente e especial.

Partilhar:
Share