Único espaço não comercial apresenta um «percurso simbólico»

Foto: Cultura.va

Lisboa, 23 nov 2021 (Ecclesia) – O pavilhão da Santa Sé na Expo do Dubai convida os visitantes a perceber o “encontro entre culturas e religiões” numa apresentação “simbólica e cultural”, como divulgado pela Santa Sé.

“Somos o único pavilhão não comercial. A nossa presença é exclusivamente simbólica e cultural e o percurso foi desenhado de forma que as pessoas possam fazer a experiência do que realmente significa a fraternidade, a amizade, o diálogo, o encontro e como é possível aprender uns com os outros e nos beneficiar uns com os outros”, explica D. Tomasz Trafny, vice-comissário do pavilhão.

A demonstração de encontro entre culturas e religiões, o pavilhão da Santa Sé na Expo do Dubai convida os visitantes a concentrarem-se no que une, através de um percurso simbólico.

“O pavilhão apresenta muitos elementos artísticos, mas também os manuscritos da Biblioteca Apostólica Vaticana que, pela primeira vez, deixaram os nossos espaços e encontraram hospitalidade aqui no Dubai”, referiu, em declarações ao portal ‘Vatican News’.

Com muitas visitas, como do Príncipe Herdeiro de Abu Dhabi, membros de famílias reais e de ministros dos Emirados Árabes Unidos, o pavilhão da Santa Sé quer “criar pontes” e mostrar como o “grande conhecimento no campo da matemática influenciou o mundo ocidental.

“Hoje, todos nós usamos o “calendário gregoriano”, uma clara demonstração de como as culturas podem beneficiar umas das outras, “no momento em que o espírito de abertura, de colaboração e diálogo supera os preconceitos e no momento em que é colocado em prática de forma correta”, explica.

A Santa Sé adianta ainda que vão acontecer dois eventos especiais: o primeiro, visa comemorar a assinatura, em Abu Dhabi, a 4 de fevereiro de 2019, do Documento sobre a Fraternidade Humana pelo Papa Francisco e o Grão Imame de Al-Azhar, Ahmad Al-Tayyeb, e contará com a presença, no pavilhão, do cardeal Miguel Angel Ayuso, presidente do Conselho Pontifício para o Diálogo Inter-religioso.

No dia 19 de março, o pavilhão receberá o secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin, para o Dia Nacional da Santa Sé.

SN

 

Partilhar:
Share