«Dá alegria» viver a vida a «pensar nos outros», diz o presidente do Grupo Nabeiro-Delta Cafés na entrevista que é emitida no programa 70×7 deste domingo 

Foto Agência Ecclesia/MC

Campo Maior, 20 abr 2019 (Ecclesia) – O comendador Rui Nabeiro disse à Agência ECCLESIA que a Páscoa “deve ser todos os dias”, lembrou que recebe “oito a dez” pedidos de ajuda diários e procura não só “ser bom”, mas fazer com que todos sejam bons.

“A Páscoa não é só um dia, deve ser todos os dias”, afirmou o Presidente do Grupo Nabeiro-Delta Cafés em entrevista à Agência ECCLESIA, acrescentando que lhe “dá alegria” viver a vida a “pensar nos outros”.

A entrevista a Rui Nabeiro, onde referiu a forma como celebra a Páscoa e lembrou o seu percurso de vida em Campo Maior, marcada pela aposta na promoção da região e dos seus habitantes, vai ser emitida no programa 70×7 deste domingo, Dia de Páscoa.

Para o comendador, não basta “ser-se bom”, mas é necessário ajudar as pessoas a serem boas.

Rui Nabeiro sublinhou o trabalho social que criou nas suas empresas, como o centro de pós-graduação destinado a colaboradores e o Centro ATL, para crianças, afirmando que “há uma atitude a valorizar” nas pessoas, desde que nascem.

O presidente do Grupo Nabeiro – Delta Cafés lembrou que as “pessoas tinham desistido de escolas”, andavam à “procura de emprego” e, com a possibilidade de adquirir uma formação,  “fazem-se homens”.

“A minha visão é fazer bem porque recebo o bem”, disse Rui Nabeiro.

Natural de Campo Maior, Rui Nabeiro nasceu em 1931 e, 30 anos depois, criou a Delta Cafés.

O presidente do Grupo referiu que nunca esquece a “qualidade humana das outras pessoas”, “nunca” diz não aos “oito a dez pedidos” que recebe diariamente e lembrou que começou com três colaboradores e atualmente são 3500.

“O meu estilo de trabalho é diferente: temos muita coisa mecanizada, robotizada, mas o trabalhador está lá”, afirmou Rui Nabeiro, referindo que “as máquinas não estão a eliminar um posto de trabalho”.

O comendador lembrou que vive as tradições da Páscoa, nomeadamente na segunda-feira de Páscoa, que é feriado municipal em Campo Maior, dia da romaria de Nossa Senhora da Enxara.

“Toda a gente faz questão de ir visitar essa capela [de Nossa Senhora da Enxara] e fazer a sua promessa, agradecendo a Deus por estarmos juntos mais um ano, em confraternização”, referiu o presidente do Grupo Nabeiro – Delta Cafés.

Rui Nabeiro disse que é uma “pessoa sentimental”, “vive o problemas dos outros”, procura “dar ânimo a quem necessita” e considera o seu sorriso uma “dádiva de Deus”

“Sorriso é natural, nos lábios e também nos próprios olhos”, afirmou.

A entrevista ao comendador Rui Nabeiro é emitida no programa 70×7, Domingo de Páscoa, às 17h49, na RTP2.

PR

 

Partilhar:
Share