Roma, 27 Set 2021 (ECCLESIA) – O presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), D. José Ornelas, esteve presente, dia 25 deste mês, no início do ano letivo Pontifício Colégio Português, em Roma (Itália).

O Pontifício Colégio Português, fundado a 20 de Outubro de 1900, com a Bula “Rei catholicae apud Lusitanos” pelo Papa Leão XIII conta, este ano, com 43 sacerdotes, provenientes de 7 países diferentes: Portugal, Angola, Timor-Leste, Coreia do Sul, Chile, Índia e Japão e destes, 23 sacerdotes são portugueses e provêm de 15 dioceses de Portugal continental e das ilhas, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

O presidente da CEP encorajou os sacerdotes “a não terem medo de alargarem os seus horizontes”, não só com os seus estudos, mas também no contato diário com a riqueza e variedade da comunidade sacerdotal do colégio, na qual “convivem sacerdotes de proveniências tão diferentes e distantes”, lê-se.

Na celebração eucarística esteve também o secretário da CEP, padre Manuel Barbosa, SCJ; monsenhor Saturino Gomes, SCJ; o embaixador de Portugal junto da Santa Sé, António de Almeida Lima, com a sua esposa, e a superiora da comunidade das Irmãs de Nossa Senhora das Vitórias, irmã Maria de Lourdes Nunes.

LFS

Partilhar:
Share