Miguel Oliveira Panão (Professor Universitário), Blog & Autor

A oração afecta a nossa saúde física, para além da mental e espiritual. Foi isso que há algum tempo, médicos como Herbert Benson MD, estudaram e que hoje é mais relevante do que nunca.

Foto de Ben White em Unsplash

Apesar de vivermos numa epidemia visível pelo número de infectados e, infelizmente, pelas pessoas que não resistem à COVID-19, segundo alguns médicos, vivemos uma epidemia há mais tempo, mas escondida. A epidemia da hipertensão.

Muitos queixavam-se de não ter tempo para nada, de andar sempre stressados, o coração batia depressa demais, comíamos demais, ansiávamos demais e o desequilíbrio entre a saúde física, mental e espiritual, há muito que procurava uma solução.

Em 1975, o médico americano Herbert Benson MD propunha a Resposta da Relaxação como o modo de combater a hipertensão gerada pela azáfama da vida quotidiana. Curioso é o facto dessa resposta ter estado sempre presente na experiência religiosa da oração que, segundo os seus estudos, faz com a que a dimensão espiritual da nossa vida produza efeito sobre a mental e a física.

A Resposta da Relaxação contém quatro simples passos.

Passo 1 – encontrar um ambiente sereno;

Passo 2 – escolher uma palavra ou frase que nos conforte para repetir as vezes que forem necessárias;

Passo 3 – adoptar uma atitude passiva;

Passo 4 – estar numa posição confortável.

Num período em que estamos em casa para mitigar a propagação desta epidemia, não é difícil experimentar esta resposta. No caso de terem por casa crianças pequenas, só depois de adormecer é que parece haver a serenidade para experimentar esta resposta, mas talvez não necessariamente. Em qualquer momento podemos sempre parar, respirar, repetir a palavra ou frase silenciosamente, estar numa posição confortável e viver o ambiente sereno interiormente. Já me aconteceu e acabei por relaxar na mesma, mas a respiração profunda ajudou.

Para mim, a palavra que escolhi para repetir foi Jesus. Palavra que repito no fim de cada ciclo de respiração. Sobretudo quando sinto alguma dor, ansiedade, ou stress, não é preciso qualquer App para poder desacelerar o batimento cardíaco, baixar o metabolismo, e voltar ao equilíbrio físico. Basta uma respiração profunda e orante.

Segundo Herbert Benson, a fé é uma cura intemporal que faz do tempo, tempo bem gasto, em que re-centramos a nossa atenção naquilo que consideramos mais importante e nos lembramos dos momentos em que estivemos com mais saúde. A cura intemporal da fé sana a doença de deixarmos de acreditar nas capacidades escondidas do nosso corpo e no poder terapêutico da oração, que a ciência vislumbrou, mas estuda ainda.

Este é o tempo favorável para experimentar a oração como fonte terapêutica de uma saúde global, envolvendo o nosso corpo-mente-espírito.

Partilhar:
Share