Visita estava marcada para 31 de maio, domingo de Pentecostes

Cidade do Vaticano, 23 mar 2020 (Ecclesia) – O porta-voz do Vaticano, Matteo Bruni, anunciou hoje que o Papa decidiu adiar a viagem a Malta que estava marcada para 31 de maio, face à “situação mundial” criada pela pandemia do Covid-19.

A sala de imprensa da Santa Sé informa que este adiamento mereceu o acordo das autoridades civis e da Igreja Católica no arquipélago do Mediterrâneo.

A viagem tinha sido anunciada a 10 de fevereiro, prevendo passagens pelas ilhas de Malta e Gozo.

O último pontífice a visitar Malta, um dos países com maior percentagem de católicos na Europa, foi Bento XVI, em abril de 2010; São João Paulo II esteve no arquipélago em 1990 e 2001.

OC

Partilhar:
Share