Photo by Ryoji Iwata on Unsplash

O padre Nuno Santos lamentou os «horizontes curtos» e a tirania dos «resultados rápidos» que marcam o agir quotidiano. O reitor do Seminário de Coimbra desafia cada pessoa para ser «plantador de naus a haver», contribuindo para a sociedade e para a Igreja e semeando o futuro.

Partilhar:
Share