O presidente da Comissão Episcopal de Pastoral Social e Mobilidade Humana afirma que este é o tempo para distribuir, não para “amealhar”. D. José Traquina olha para a realidade laboral em Portugal para lamentar as dificuldades persistentes que muitas famílias habitualmente enfrentam, agravadas agora em contextos de pandemia do Covid-19. O valor da vida humana, e os esforços multisetoriais a que se assistiu para a defender, e o contexto de incerteza no mundo económico e laboral, marcam a reflexão do bispo de Santarém nestes minutos.

Partilhar:
Share