Na Missa Crismal, D. José Cordeiro anuncia trasladação de D. Abílio Augusto Vaz Neves (1894-1908)

Foto: Diocese de Bragança-Miranda

Bragança, 18 abr 2019 (Ecclesia) – O bispo de Bragança-Miranda disse hoje aos padres da diocese transmontana que as comunidades católicas esperam deles um “ministério generoso e corajoso do Evangelho”.

“Os padres são marcados como homens da Palavra, do Perdão, da Partilha, da Bondade, da Transparência e da Autenticidade de Deus”, declarou D. José Cordeiro, na homilia da Missa Crismal a que presidiu na Catedral de Bragança.

O responsável convidou os sacerdotes a olhar com atenção para a atual realidade “humana, social, geográfica, demográfica, pastoral e eclesial” da Diocese, procurando construir “uma comunidade de fiéis amadurecida em torno da Catequese, da Liturgia e da Caridade numa vida relacional, evitando a autossuficiência e a autorreferencialidade”.

D. José Cordeiro questionou os presentes sobre a “necessidade de uma nova presença” da Igreja no território, segundo a “eclesiologia de comunhão e de missão”.

Não somos prestadores de serviços e nem os fiéis são nossos clientes. Cada uma de nós é uma missão! E a nossa missão é a evangelização. Nunca cedamos à mediocridade humana, pastoral, espiritual e missionária”.

Durante a homilia, o responsável anunciou a trasladação dos restos mortais de D. Abílio Augusto Vaz Neves (bispo da Diocese entre 8 de dezembro de 1938 e 20 de fevereiro de 1965) do cemitério de Ifanes (Miranda do Douro) para o Pátio dos Bispos, na Catedral de Bragança.

A cerimónia vai acontecer no próximo dia 8 de junho, dia dos 125 anos do seu nascimento; D. Abílio Augusto Vaz Neves vai ficar sepultado junto a D. António José Rafael, falecido a 29 de julho de 2018.

Além do presbitério diocesano e de D. José Cordeiro, participaram na Missa os bispos eméritos de Bragança-Miranda e Beja.

Nesta manhã de Quinta-feira Santa, os padres das várias dioceses do mundo reúnem-se em volta dos seus bispos, para a celebração da chamada Missa Crismal, em que são abençoados os óleos dos catecúmenos e dos enfermos e consagrado o óleo do crisma, utilizado na celebração de vários sacramentos.

O bispo de Bragança-Miranda deixou uma saudação aos jovens, em particular os acólitos e os que vão receber o sacramento da Confirmação, projetando o próximo Dia Diocesano da Juventude a 11 de maio, em Vinhais.

Após a Eucaristia, D. José Cordeiro almoça com jovens crismandos dos 4 arciprestados da diocese.

OC.

Homilia do Bispo de Bragança-Miranda na Missa Crismal 2019

Partilhar:
Share