“Dar a mão ao outro, para com ele, lutarmos por uma vida melhor, mais digna, mais consentânea com a dignidade humana. Tendo valor em si mesmo, tudo isto há-de ser sobretudo um sinal daquilo a que todos somos chamados na construção da sociedade que somos e em que vivemos. Assente no cuidado com outro, na solidariedade, no amor.”

Era assim que a diocese do Porto em 2018 convocava os diocesanos à renúncia quaresmal que se destinava ao Fundo Solidário Diocesano e a um Orfanato das irmãs Marianitas, na Guiné Bissau. D. Manuel Linda, bispo do Porto, fala, neste programa Ecclesia, da experiência de ir até à Guiné, em viagem missionária entregar o resultado da renúncia quaresmal.

Partilhar:
Share