Iniciamos 40 dias rumo à Quaresma a partir dos cinco sentidos. Na companhia do padre António Pedro Monteiro somos desafiados aos cheiros deste tempo e à respiração que não se distingue das relações que nos constroem. Com o capelão hospitalar na Maternidade Alfredo da Costa e no Hospital de Santa Marta, em Lisboa, damos início a dias sensitivos que asseguram que nada existe que não se possa reerguer e renascer.

 

Partilhar:
Share