Apresentação decorreu na Embaixada de Portugal junto da Santa Sé

Foto Padre Ricardo Correia

Roma, 27 mai 2021 (Ecclesia) – A obra «Ide a São José. O mistério de São José na vida da Igreja» da autoria de vários padres portugueses a estudar em Roma (Itália) foi apresentada, esta quarta-feira, na Embaixada de Portugal junto da Santa Sé.

O embaixador de Portugal junto da Santa Sé, António Almeida Lima, convidou os sete sacerdotes portugueses residentes no Pontifício Colégio Português em Roma, cidade onde frequentam as respetivas universidades eclesiásticas, a apresentaram a obra literário de conjunto, intitulada «Ide a São José. O mistério de São José na vida da Igreja» (Paulus Editora), com coordenação do padre David Palatino.

A obra pretende repensar “a fundo a figura de São José” em várias dimensões e tornou-se num “pequeno tratado de josefologia”, refere o coordenador do livro numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

Da área bíblica à teologia dogmática, da história à piedade popular, da liturgia à arte e música, pretende-se “recuperar a importância da figura de São José, o pai adotivo de Jesus, para a vida cristã, sobretudo neste tempo da «metamorfose social do pai» e da «erosão existencial da pandemia».

A presente obra, editada pela Paulus Editora, já se encontra à venda em Portugal e pode ser adquirida no site desta editora ou nas livrarias.

Foto Padre Ricardo Correia

Os autores e as áreas abordadas são: «O testemunho de S. José nos escritos do Novo Testamento» (Pe. David Palatino – Patriarcado de Lisboa); «A construção de S. José: um percurso pelas fontes» (Pe. Pedro Daniel Marques – Arquidiocese de Braga); «São José na liturgia romana» (Pe. Pedro Santos – Diocese de Coimbra); «O percurso de S. José na história da devoção e da espiritualidade» (Pe. Ricardo Cardoso – Arquidiocese de Évora); «O silêncio fez-se palavra: aspetos da iconografia de São José na história da salvação» (Pe. António Estêvão – Diocese do Funchal); «A expressão musical da Igreja Católica a São José: um excursus do canto gregoriano à música litúrgica portuguesa» (Pe. Bruno Ferreira – Diocese do Porto); «Fazer teologia com José» (Pe. José Miguel Cardoso – Arquidiocese de Braga).

LFS

Partilhar:
Share