Lisboa, 12 mai 2021 (Ecclesia) – ‘Bento XVI em Portugal’ é o novo livro de José de Carvalho, onde o autor escreve sobre a viagem de quatro dias do agora Papa emérito a Lisboa, Fátima e Porto, de 11 a 14 de maio de 2020.

“Procurando chegar a crentes e não-crentes, esta é uma memória de uma viagem inesquecível para nós, portugueses, e para o próprio Bento XVI, que saiu rejuvenescido para o seu pontificado, após esta passagem pela terra de Santa Maria”, explica José de Carvalho, numa nota dedicada aos leitores.

D. Carlos Moreira Azevedo, que foi o coordenador eclesial da visita do Papa Bento XVI a Portugal, assinala que a nova publicação oferece um “largo enquadramento” da viagem do agora Papa emérito, ilustrada com fotografias de Arlindo Homem, “evocativas de um excelente momento vivido”.

“Este livro recorda uma visita que valorizou duas atitudes cristãs em relação ao presente contexto social: discernimento criativo e aprendizagem dialogante. […] A atualidade do que há dez anos o Papa pediu espanta. Importa que a Europa exerça a sua missão de encontrar uma síntese, que integrará a fé e a racionalidade moderna numa visão antropológica”, escreve o bispo português, delegado do Conselho Pontifício para a Cultura da Santa Sé.

‘Bento XVI em Portugal – Fátima, mensagens e conversões’, da Farol, uma chancela da 20|20 Editora, recorda que a ligação de Joseph Ratzinger a Fátima é “anterior ao seu papado e teve sempre algo de muito especial e sentido”.

“Este livro desvenda alguns dos segredos da viagem papal ao nosso país; relembra as mensagens que Bento XVI deixou aos portugueses; destaca as conversões de muitos dos que contactaram com o Papa; e prova a relação de amor de Sua Santidade por Nossa Senhora de Fátima”, explica a editora na informação enviada à Agência ECCLESIA.

Neste contexto, acrescenta que a nova obra de José de Carvalho “afirma-se” como essencial para todos os que querem conhecer Bento XVI e a sua relação com Portugal, “mais do que um roteiro” pela visita a Lisboa, Porto e Fátima.

“A visita a Portugal seria memorável e marcou uma inflexão na apreciação da imagem pública do papa Bento XVI, afinal mais sorridente, simples e generoso nos gestos para com os que o procuravam”, escreve Aníbal Cavaco Silva, na apresentação do livro ‘Bento XVI em Portugal’.

O ex-presidente da República, em ‘o peregrino sábio’, recorda que acompanhou Bento XVI nos principais momentos da visita e vai conservar “para sempre” a emoção de constatar o “genuíno júbilo com que os portugueses receberam o Papa em Lisboa, em Fátima e no Porto: “Pura celebração da fé bem viva de um povo, em cada passagem do santo padre”.

O autor, José de Carvalho, é professor de História e já publicou “mais de duas dezenas de livros” sobre história e religião, onde se destaca ‘Santo António: Um santo popular’, também da editora Farol, em 2020.

O Papa emérito assinalou o seu 94.º aniversário, a 16 de abril, tornando-se assim o primeiro pontífice católico a completar essa idade.

Bento XVI renunciou ao pontificado há oito anos, um gesto histórico, mantendo uma vida reservada no antigo Mosteiro ‘Mater Eclesiae’, do Vaticano; a 1 de março, concedeu uma entrevista ao jornal italiano ‘Corriere della Sera’ na qual rejeitava o que denominou de “teorias da conspiração” sobre a sua renúncia ao pontificado, em fevereiro de 2013.

CB

Partilhar:
Share