Bragança, 16 jul 2021 (Ecclesia) – ‘Santiago – A Caminho de Compostela’ é o título do novo livro de José Vaz Carreto que vai ser apresentado hoje, às 21h30, nos claustros da antiga Sé de Bragança.

O autor percorreu a pé, a ancestral rota do Caminho Português Central e escreveu “um livro que permite ver para além do olhar, uma viagem onde o caminho é a resposta”, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

O livro, que tem a chancela da editora Farol, não é um guia normal, mas “um trajeto pessoal, atual e vivido que, ao seguir a ancestral rota do Caminho Português Central, busca as possíveis razões individuais do caminho”, realça o autor.

A obra vai será apresentada pelo padre António Magalhães, reitor do Seminário Maior de São José e assistente do Secretariado diocesano da Pastoral da Cultura e Turismo, numa cerimónia pública, ao ar livre, onde estará também presente o bispo da Diocese de Bragança-Miranda, D. José Cordeiro.

Ao fazer-se o Caminho de Santiago, desde a Sé Catedral do Porto até à Praça do Obradoiro, descobrem-se, “numa primeira fase, as razões profundas” que levam as pessoas “a arriscar esta peregrinação intemporal”, afirma.

“Depois, num segundo momento, vamos sendo conquistados por aquilo que o caminho tem oferecido desde sempre: a cultura; a história e os monumentos que as preservam; o sofrimento; a alegria e a superação. No final, tornar-se-á num indivíduo novo… ou talvez não. Garantidamente será diferente, envolto na mística do caminho e dos seus mistérios”, salienta José Vaz Carreto.

Natural do Sabugal, José Vaz Carreto está radicado em Vinhais. Juiz de Direito desde 1987, percorreu durante 20 anos as comarcas de Trás-os-Montes e Alto Douro. É Juiz Desembargador desde 2007, e exerce funções no Tribunal da Relação do Porto. Membro do Secretariado da Pastoral da Cultura e do Turismo da Diocese de Bragança-Miranda é também dirigente do Corpo Nacional de Escutas.

LFS

Partilhar:
Share