«Tomemos consciência de que somos missão» – Padre Adelino Ascenso

Lisboa, 01 ago 2019 (Ecclesia) – O presidente dos Institutos Missionários Ad Gentes (IMAG) afirma que o Curso de Missiologia que vai decorrer de 26 a 31 de agosto, em Fátima, é “para todos os batizados”, num ano especial para a Igreja Católica em Portugal.

“Pretendemos que as pessoas se consciencializem que todos somos missão, como diz o Papa Francisco. Neste curso pretendem dar uma abertura, aquilo que é principalmente a questão teológica, a Sagrada Escritura que é um dos pontos fundamentais, e depois o que é a missão”, disse o padre Adelino Ascenso à Agência ECCLESIA.

A Igreja Católica está a viver um Ano Missionário especial, até outubro, numa proposta da Conferência Episcopal Portuguesa; o presidente dos IMAG realça espera que se “respire o ambiente” deste ano com o curso, que é “oportuno e começou nos anos 80 do século passado”.

‘Batizados e enviados’ é o tema da formação e o padre Adelino Ascenso lembra que “pelo batismo cada um se torna missionário, se torna enviado”, e é preciso “fortalecer no interior, no coração, a necessidade da saída”.

“A saída que não é só romper fronteiras geográficas, mas, principalmente, fronteiras interiores, sair de nós próprios, da nossa autorreferencialidade, sair do nosso egoísmo. Só saindo de nós próprios é que poderemos ser verdadeiramente missionários”, desenvolveu.

O entrevistado, que esteve durante 12 anos no Japão, destaca que “um dos elementos fundamentais é a escuta”, algo que aprendeu com a sua experiência: “Temos de ir e aprender, ir e estar com as pessoas, ir e caminhar com as pessoas, ir e escutar”.

“Podemos ter uma tal sede de ensinar e falar que nos esquecemos aquilo que o outro tem para nos dizer e que tem para nos ensinar, teremos que passar por uma desconstrução para que depois haja uma verdadeira construção ou reconstrução”, prosseguiu.

O Curso de Missiologia, promovido pelos Institutos Missionários Ad Gentes – IMAG, tem o apoio das Obras Missionárias Pontifícias (OMP) em Portugal.

“É um curso intensivo de uma semana que é uma oportunidade,, infelizmente temos poucas ofertas a cursos de missiologia, à missiologia em si”, observou o padre Adelino Ascenso, adiantando que no programa “há uma tertúlia missionária”, na manhã do último dia, antes da avaliação.

Depois, o curso encerra-se com a Eucaristia, presidida por D. Manuel Linda (bispo do Porto), presidente da Comissão Episcopal da Missão e Nova Evangelização, a partir das 11h30.

A formação começa com a intervenção do bispo de Lamego, D. António Couto, que vai refletir sobre ‘S. Lucas e a Missão’; no segundo dia, o tema ‘A Missão em Portugal e desde Portugal’ é apresentado pelo bispo de Bragança-Miranda, D. José Cordeiro.

Nos dias 28 e 29 de agosto, respetivamente a intervenção ‘Espiritualidade Missionária’ é da responsabilidade de Teresa Messias e o padre Adelino Ascenso fala sobre ‘Literatura e Teologia’.

No penúltimo dia do curso, o padre José Nunes, da Ordem dos Pregadores – Dominicanos, vai apresentar o tema ‘Missão e Diálogo’.

O curso de missiologia é bienal e a edição 2019 corresponde ao 2.º ciclo, com um diploma que se “obtém após a frequência dos dois anos”.

HM/CB/OC

Partilhar:
Share