Procissão encheu de velas as ruas da cidade, em homenagem à Virgem Maria

Porto, 01 jun 2019 (Ecclesia) – O bispo do Porto apelou esta sexta-feira ao fim de qualquer forma de violência doméstica ou violência sobre menores, numa procissão que levou centenas de pessoas às ruas da cidade, em homenagem à Virgem Maria.

“Que todas as violências domésticas desapareçam”, declarou D. Manuel Linda, numa intervenção citada pelo jornal diocesano ‘Voz Portucalense’.

O responsável católica recordou que muitas mulheres são oprimidas “no mundo do trabalho” e também “no ambiente familiar”.

A ‘Procissão da Luz’ acontece desde 2010, numa iniciativa das paróquias e igrejas do Porto, reunindo fiéis católicos para rezar em volta da imagem de Nossa Senhora de Fátima.

Após um momento de oração na Igreja da Trindade e a transmissão da Luz nas velas dos fiéis, a procissão seguiu pelos Aliados e ruas Formosa, Santa Catarina e Passos Manuel regressando, de novo pela Avenida dos Aliados, à Igreja da Trindade.

Na sua alocução, o bispo do Porto disse que a figura de Maria representa o exemplo do que “é ser discípulo missionário”.

No dia em que a Igreja comemorava a Festa da Visitação de Maria à sua prima Isabel, D. Manuel Linda quis deixar os parabéns às mulheres pelas suas atitudes de ir em ajuda de quem precisa e pela força para enfrentar os perigos.

OC

Partilhar:
Share