Em homilia emocionada, D. José Ornelas apontou à necessidade de superar dificuldades, superando «vírus do egoísmo»

Foto portodesetubal.pt

Setúbal, 12 abr 2020 (Ecclesia) – O bispo de Setúbal presidiu hoje à Missa de Páscoa, na catedral sadina, pedindo a todos que aprendam com as “lições” da pandemia, construindo um mundo novo, sem o “vírus do egoísmo”.

“É importante que não esqueçamos as lições desta crise, à luz da lógica da ressurreição”, declarou D. José Ornelas, numa celebração com transmissão online.

Numa homilia emocionada, o responsável católico desejo que “todos chegue a vitória do Senhor ressuscitado”.

“É com este espírito que se vencerá também a pandemia que estamos a sofrer”, com a colaboração de todos, assinalou.

A intervenção destacou o impacto da pandemia e das medidas de isolamento social na vida da Igreja, das famílias, nas escolas ou fábricas.

“Vamos fazer todos os esforços para que a vida volte às nossas cidades e não será fácil”, apontou.

Voltaremos a reunir-nos, voltaremos a celebrar aqui a ressurreição do Senhor, juntos como Igreja”.

 

A Eucaristia começou com uma saudação de “muita alegria”, destacando o sentido da “Páscoa da esperança” num “ambiente de necessária contenção”.

“O Senhor é maior do que tudo isso”, declarou D. José Ornelas.

O bispo da diocese sadina convidou os católicos a construir a “vitória da Ressurreição” que Jesus propõe à sua Igreja.

“Depois desta crise, o mundo pode ser diferente”, apontou.

A reflexão destacou o percurso de vida de Jesus, como dom de amor, e as lições que deixou para o futuro.

“Ser cuidador da vida e do mundo é mais importante do que ser predador do que aquilo que se encontra à nossa volta”, defendeu D. José Ornelas.

OC

Igreja em Rede: Missa – 12/04/2020 – Domingo de Páscoa da Ressurreição do Senhor, presidida por D. José Ornelas, Bispo de Setúbal, na Catedral da Diocese.

Publicado por Diocese de Setúbal em Domingo, 12 de abril de 2020

 

Partilhar:
Share