Ataque militar provocou quatro mortes e vários feridos

Foto: SIR

Lisboa, 24 mai 2021 (Ecclesia) – Uma igreja católica foi atingida este domingo por uma bomba disparada pelo exército, provocando quatro mortes e vários feridos, denunciou a paróquia local.

“Os mortos e feridos estão entre os habitantes da aldeia (velhos, jovens e crianças, inclusive mulheres grávidas) que se refugiam na Igreja”, refere o padre Francis Soe Naing, em declarações à a agência SIR, da Conferência Episcopal Italiana.

Na última noite, militares birmaneses dispararam bombas em áreas habitadas, visando três aldeias (Kayantharyar do Sul, Kayantharyar do Norte e Tabyekone), no Município de Loikaw, cerca de 450 quilómetros a norte da capital Rangum.

A igreja Católica do Coração de Jesus, em Kayantharyar do Sul, foi atingida e parcialmente destruída.

Os habitantes locais fugiram da aldeia, num território marcado, desde sexta-feira, por fortes confrontos entre o exército birmanês e a PDF (Força de Defesa do Povo).

“Nenhum lugar está seguro agora que a guerra chegou à cidade. Uma vez que as forças do regime birmanês estão a sequestrar e matar civis inocentes de forma arbitrária, não há outra opção para o povo a não ser defender-se por qualquer meio”, indicam os sacerdotes contactados pela SIR.

OC

Partilhar:
Share