«Casa Mateus 25» congrega instituições religiosas, com coordenação da nunciatura apostólica

Maputo, 05 set 2019 (Ecclesia) – O Papa visitou hoje, em privado, a “Casa Mateus 25″, uma instituição da Igreja Católica dedicada à população desfavorecida de Maputo, que congrega várias congregações religiosas, sob coordenação da Nunciatura Apostólica.

Francisco foi recebido no local pelo presidente moçambicano, Filipe Jacinto Nyusi, junto do qual tinha abençoado, esta manhã, uma lápide comemorativa desta visita.

Segundo o portal ‘Vatican News’, entre 70 a 120 pessoas são atendidas diariamente neste centro, entre crianças de rua, toxicodependentes, doentes ou sem-abrigo.

Esta manhã, o Papa teve outro encontro privado, na nunciatura apostólica de Maputo, onde se reuniu com representantes do projeto educativo ‘Scholas Occurrentes’, que conta com o seu apoio pessoal desde o tempo de arcebispo em Buenos Aires.

A sala de imprensa da Santa Sé informa que o pontífice foi informado da atividade da fundação pontifícia no país lusófono, no campo do desporto e da formação humana, tendo abençoado uma bola feita com material reciclado.

A agenda do dia incluiu um encontro privado com a comunidade de Xai-Xai na nunciatura, para informações sobre a geminação desta diocese com ade Buenos Aires.

A segunda viagem de um Papa a Moçambique encerra-se esta sexta-feira com a Eucaristia a que Francisco vai presidir no Estádio Nacional do Zimpeto, reunindo cerca de 80 mil pessoas.

O chanceler da arquidiocese moçambicana da Beira disse à Agência ECCLESIA que uma delegação oficial de 50 fiéis do território vai encontrar-se com o Papa Francisco, após a Missa.

Antes, a agenda inclui um encontro no hospital Zimpeto com doentes assistidos pela comunidade católica de Santo Egídio, no programa “Reforço de Recursos e Medicamentos contra a Malnutrição e SIDA” (DREAM, sigla inglesa), para pessoas com HIV/SIDA; a comunidade mediou o acordo de paz para Moçambique, em 1992.

A quarta viagem de Francisco ao continente africano prossegue até ao dia 10 de setembro, com passagens por Madagáscar e a Maurícia.

OC

Partilhar:
Share