Grupo de trabalho sobre eventos digitais e transmissões online destacou a importância da plataforma para potenciar a mensagem

Foto Arlindo Homem/AE

Fátima, 02 out 2020 (Ecclesia) – O padre Tiago Freitas, chefe do Gabinete Episcopal do arcebispo de Braga, afirmou na última Jornada Nacional das Comunicações Sociais que a transmissão de celebrações religiosas, nas plataformas digitais, foi uma referência de “normalidade” durante a pandemia.

“Com as rotinas esfrangalhadas, continuar a ver o pároco ou a sua igreja, é o toque de uma normalidade possível na vida de fé”, assinalou o diretor do ‘Auditório Vita’.

O sacerdote foi um dos conferencistas do grupo de trabalho sobre eventos digitais e transmissões online, durante as jornadas que decorreram a 24 e 25 de setembro; durante esta semana, a Agência ECCLESIA tem partilhado as conclusões dos grupos sobre as temáticas da Informação, assessoria, imprensa regional, conteúdos digitais, eventos online e ‘geração Z’.

O padre Tiago Freitas partilhou a experiência da Arquidiocese de Braga durante o confinamento, quando se apostou na transmissão diária da Eucaristia a partir do Paço Arquiepiscopal.

O conferencista sublinhou que o online “não é o ambiente natural ou próprio da Eucaristia” e que estas iniciativas se justificam apenas nas “situações de exceção”, como as da pandemia.

Os participantes destacaram a necessidade de garantir qualidade do vídeo e do som.

Os trabalhos contaram com a participação de António Mendes, diretor da RFM, que falou numa rádio para ouvir, ver e experimentar, na era dos “sempre ligados”.

“Há muito aposta em eventos que produzam notoriedade para a marca e atraiam financiamento”, indicou.

O diretor do canal do Grupo Renascença destacou que a rádio “chega pelas redes sociais, vídeo ou eventos públicos que juntam pessoas e as envolvem na família dos profissionais e das vozes que já conhecem”.

António Mendes lembrou ainda que “a criatividade não tem de ser cara”, indicando que “a imaginação e uma visita a uma loja de artigos baratos, também pode gerar campanhas com impacto”.

O programa ECCLESIA (RTP2) está a apresentar semanalmente, a cada terça-feira, uma entrevista e reportagem sobre os grupos de trabalho na Jornada Nacional de Comunicações Sociais 2020, que decorreram este ano, pela primeira vez, em formato online.

HM/OC

Partilhar:
Share