Rui Madeira, da Fundação Salesianos, convida a acompanhar o que outros fazem, neste campo

Lisboa, 27 out 2020 (Ecclesia) – Rui Madeira, da Fundação Salesianos, disse à Agência ECCLESIA que a comunicação está cada “vez mais digital” e é importante perceber “o que os outros estão a fazer”, neste campo.

O responsável, ligado à produção de conteúdos multimédia, realça que a “partilha é sempre enriquecedora” e, no caso da Igreja, “fundamental” para o seu trabalho de anúncio e evangelização.

“Queremos evangelizar através da produção de conteúdos digitais”, indica

Os religiosos Salesianos trabalham em particular com os jovens, tanto nos colégios como nas paróquias, e as novas tecnologias colocam exigências no processo de comunicação.

Esta produção de conteúdos digitais requer “um domínio específico” porque “é importante recorrer a novas ferramentas e novas abordagens”, assinala Rui Madeira.

O entrevistado destaca que, graças a estes conteúdos digitais, o Evangelho está acessível a qualquer hora e em qualquer lugar.

Como propostas, os Salesianos têm várias dinâmicas, das escolas e do tempo litúrgico, todas com  “um plano de trabalho” organizado pela equipa responsável.

Quando se vive uma pandemia e os encontros presenciais foram dificultados, a resposta passou por um reforço “na comunicação à distância” com apresentação “de várias dinâmicas”.

“As nossas ações têm chegado ao seu destino”, completa Rui Madeira, que participou nas Jornadas Nacionais de Comunicação Social 2020, em destaque nas emissões de cada terça-feira no Programa ECCLESIA (RTP2).

HM/LFS/OC

 

Partilhar:
Share