Cobertura acontece há mais de dez anos e dá às rádios associadas dois blocos noticiosos por dia

Foto: ARIC

Lisboa, 04 ago 2022 (Ecclesia) – A Associação de Rádios de Inspiração Cristã (ARIC) acompanha a partir de hoje uma nova edição da Volta a Portugal em Bicicleta, num trabalho que acontece há mais de 10 anos e dá às rádios associadas dois blocos noticiosos gratuitos por dia.

“Por sugestão de alguma rádios associadas com ligação à modalidade a ARIC começou a prestar um serviço gratuito, desde o dia zero até à coroação do vencedor da Volta, este ano faremos dois blocos noticiosos gratuitos por dia, um de antevisão e do dia anterior, e outro jornal ao fim do dia com protagonistas do dia, como o camisola amarela, alguém da organização e da comunidade local que fale da receção do evento”, explica Nuno Inácio, presidente da associação, à Agência ECCLESIA.

O responsável, como jornalista já acompanha a volta há mais de 20 anos, e este ano integra a equipa da ARIC que vai ficar em Lisboa a “assegurar todo o trabalho de produção”.

“Há uma equipa que está na estrada, que faz a cobertura de todas as etapas, partidas e chegadas, e outra equipa que fica em Lisboa, que recebe os brutos da estrada e tem de transformar em produto final que chegará a casa dos ouvintes”, conta.

Este ano, “sendo um ano complexo pós-pandemia”, a ARIC não vai assegurar diretos, “por questões económicas”, mas apenas os blocos gravados e a reportagem.

“Produzimos ainda uns conteúdos paralelos, histórias da volta mas também pontos de interesse da cidades de onde parte e onde chega as várias etapas da volta, uma forma de dar a conhecer aos ouvintes o que cada uma das terras tem de particular, seja o que se come ou o que se pode visitar”, afirma.

Nuno Inácio destaca ainda “outro lado interessante” de acompanhar esta modalidade, “onde o espírito de equipa mais conta” e depois “nos jornalistas isto também acontece que não é muito comum”.

“É um ambiente interessante porque quem nunca fez ciclismo pensa não ter interesse mas ali os jornalistas todos os dias mudam de casa, muitas vezes coincidentes e a trabalhar sempre nos mesmos espaços, perto da linha da meta, no mesmo camião, o que cria laços de proximidade, amizade e partilha muito grandes, ao ponto de não haver segredo nem procurarem o furo jornalístico mas sim a partilha de conteúdos e isso não é assim tão frequente”, refere.

Para a 83ª edição da Volta a Portugal em Bicicleta, que este ano decorre de 04 a 15 de agosto, as rádios associadas da ARIC podem ter estes conteúdos gratuitamente e, geralmente, “mais de metade adere”. 

SN

Partilhar:
Share