O projeto Lugares Compassivos nasceu num concurso interno, no seio do Instituto de São João de Deus, para a promoção da saúde mental na comunidade, sendo totalmente financiado pela Fundação.
Um gesto de “solidariedade social”, para ajudar pessoas com dificuldades financeiras com intervenção individual e em grupo, esta última suspensa no atual contexto da pandemia, explica Hugo Lucas, psicólogo clínico.

Partilhar:
Share