«Say Yes Day» realizou-se em 12 paróquias da cidade

Foto: Educris

Lisboa, 27 jun 2022 (Ecclesia) – 1600 adolescentes da catequese participaram este sábado na iniciativa ‘SAYES’, projeto que aponta à JMJ Lisboa 2023, replicando “um dia típico da jornada” que a capital portuguesa vai acolher em agosto do próximo ano.

“É, antes de tudo, um momento de encontro e festa. Procurámos replicar um dia da Jornada Mundial da Juventude, com um momento de catequese, a eucaristia, e um encontro de festa nesta tarde”, disse ao portal ‘Educris’ o padre Tiago Neto, diretor do Sector da Catequese de Lisboa, que organizou a iniciativa.

O projeto decorreu em 12 paróquias da cidade, que acolheram os adolescentes para o aprofundamento “da dimensão vocacional da vida cristã”, a partir do tema ‘Com Maria ensaiamos Sim!’.

“Pretendemos dar protagonismo aos adolescentes, naquilo que é o seu caminho catequético e particularmente uma maturação maior do processo catequético nas suas diversas componentes: relação com a Palavra de Deus, questionamento da vida, a oração e a missão”, destacou o padre Tiago Neto.

De tarde, os adolescentes participaram numa festa, que decorreu no Pavilhão Carlos Lopes, onde assistiram à peça ‘Deus escreve direito por linhas tortas’, levada à cena pela Missão País.

Presente na sessão, D. Manuel Clemente, cardeal-patriarca de Lisboa, considerou que a JMJ 2023 deve “ser marcante” para a vida dos participantes.

“Não vos esqueçais que só aqui estamos, e estaremos na Jornada, porque uma jovenzinha, com a idade que muitos de vós tendes hoje, disse ‘sim’! Esse sim marcou o mundo com a referência Cristã. Imaginem o que acontece quando cada um de vós dizer ‘Sim’ a Deus! O Mundo está à vossa espera e Deus conta convosco!”, concluiu.

OC

Partilhar:
Share