Organizações católicas estão no terreno

Cidade do Vaticano, 07 ago 2020 (Ecclesia) – O Papa Francisco enviou um donativo de 250 mil euros, através do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral (Santa Sé), para ajudar a população afetada pelas explosões em Beirute, anunciou o Vaticano.

“Esta oferta pretende ser um sinal da preocupação de Sua Santidade com a população afetada pela explosão no porto de Beirute, significando a sua paterna proximidade para com aqueles que estão a sofrer e se encontram em dificuldades”, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

A ajuda foi enviada através da Nunciatura Apostólica em Beirute e será usada para auxiliar as pessoas afetadas pelas explosões, que provocaram mais de 150 mortes e milhares de feridos e desalojados, provocando elevados danos materiais.

A imediata resposta de socorro foi dada pelas estruturas católicas, através de centros de acolhimento para pessoas deslocadas, juntamente com a ação da Cáritas Líbano e da Cáritas Internacional.

Já a Conferência Episcopal Italiana enviou um milhão de euros para a capital libanesa, para prestar “assistência sanitária aos feridos, comida, água, alojamento para os desabrigados, apoio psicossocial para os mais vulneráveis”.

Em homenagem às vítimas da explosão em Beirute, o Cristo Redentor do Rio de Janeiro foi iluminado na última noite com as cores da bandeira do Líbano, num momento de oração com representantes de várias religiões.

OC

Partilhar:
Share