Leiria, 17 out 2019 (Ecclesia) – A Vigararia de Ourém, da Diocese de Leiria – Fátima, vai realizar três encontros, a partir de hoje, sobre a missão com o objetivo de se passar de uma pastoral de “mera conservação” para uma pastoral “decididamente missionária”.

O primeiro encontro é subordinado ao tema «Ourém, terra de Missionários», com os testemunhos do padre José Henriques, que viveu grande parte da sua vida na Guiné-Bissau, e da Irmã Maria Augusta, que viveu muitos anos em Moçambique e Angola, esta noite, às 21h00, no Salão Paroquial da Freixianda, e, informa uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

No Centro Pastoral Paroquial de Nossa Senhora da Piedade (Ourém), este domingo, dia 20, das 14h45 às 18h00, realiza-se o segundo momento subordinado ao tema «Missionação de Ourém» com três comunicações: «A Devoção Cristã em Ourém em tempos medievais», por Saul António Gomes; «A Ação Pastoral dos frades do Convento de Santo António de Ourém (1600-1834)», por António Baptista e «A vivência cristã em Ourém no Século XIX», por Poças das Neves, lê-se

O terceiro momento é subordinado ao tema «Ourém, terra de Missão», com duas intervenções: «A boa Nova de Jesus vivida pelos Jovens», por Jorge Martins e «Servir a alegria do amor vivido em família», pelo Casal Teresa e Ricardo, às 21h00, do dia 24 de outubro, no Salão Paroquial de Caxarias.

Com o lema «Batizados e enviados», a Igreja celebra neste mês de Outubro, o Mês Missionário Extraordinário, proclamado pelo Papa Francisco, para que se compreenda mais profundamente, o quanto a Missão é “o máximo desafio para a Igreja” e “a primeira de todas as causas”.

Fazendo-se eco deste apelo do Papa Francisco, a Conferência Episcopal Portuguesa propôs um Ano Missionário, que agora termina, com o objetivo de apelar “a um maior vigor missionário em todas as dioceses, paróquias, comunidades e grupos eclesiais, desde os adultos aos jovens e crianças”.

LFS

Partilhar:
Share